Um site em permanente construção!

 

Este é um site em permanente construção! Quero afastar de mim o sentimento asfáltico de terra concretada, quero afastar a impressão estética daquele tipo de cinza sobre o qual não se pode mais plantar coisa alguma… Por este motivo o site tem formato bloguístico, por este motivo sobe ao ar incompleto e por este motivo incompleto permanecerá sempre, assumindo com decisão seu lugar de ‘veículo de atualização permanente’, seja dos conteúdos que o compõe, das pessoas que o visitam, ou ainda dele mesmo enquanto recurso formal de comunicação.

Mas, entre os pratos devirgentes da culinária Deleuziana, também quero servidos nesta mesa digital as iguarias da nossa farta e gostosa comida popular, quero temperar tudo com a simplicidade e a contenção que nos ensinou Caymmi, enquanto exercito me despir em alguma medida, pra longe das vaidades fúteis, de qualquer excesso de rigor que possa me provocar, seja ele intelectual, textual, ou musical. Quero realizar e publicar coisas diariamente, as quero acessíveis, e farei para isto as concessões que julgar necessárias.

Embora muito o admire, não me interessa aqui o demoramento, venha ele do fazer poético, venha ele da filosofia, venha ele do aprofundamento no estudo musical. Aqui teremos versões do mundo de hoje, feitas hoje e voltadas para a criação, hoje ainda, de novos mundos e novas relações. (este texto incluso)

Tenho me tranqüilizado muito com a idéia de que este vário menu será o peso e a medida da saúde na arte que pretendo fazer, será o equilíbrio entre a não-formalização e a realização concreta, e sua publicação, das minhas aventuras estéticas. Noutras palavras, espero que esta permanente construção, longe de me atrapalhar na obra de trazer o mundo e as relações que o compõem pra mais perto do que acredito, irá ser um motor para a criação de novas arquiteturas e novas relações produtivas. (Como bem disse o novo baiano Galvão, os beques estão atrás de nós, e nos obrigam o drible.)

O sítio tá no ar, inconcluso, em processo. Nele faltam umas coisas, sobram outras, nele estão coisas que abandonarei e nele estão princípios de novos projetos. A porta não está aberta, simplesmente não a temos, e daqui de onde estou não sei traduzir, para nenhuma das línguas que conheço, palavras como ‘dentro’ e ‘fora’. Se você está aqui, se misture também, da mistura sempre rola um som!

 

 

5 Responses to Um site em permanente construção!

  1. Rodrigo Goncalves

    Curti muito esse site! Parabéns Barata!

  2. Podemos conversar por e-mail. Abraço.

  3. Alfa Naira

    MUITO BOM!!! Texto inspirador… instigante… provocante… e até mesmo exigente, com seus DEVIRes Deleuzianos! “Puxou” bem!
    ADOREI o espaço “sem portas” e a incompletude assumida, traduzindo o eterno processo intrínseco à arte e à vida.
    Estarei por aqui, misturando-me e curtindo o som bom dessa mistura. EVOÉ!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


nove − 5 =

 

 
 
previous next
X